sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Noriel Vilela


Hoje resolvi falar de Noriel Vilela. Conheceu? Noriel Vilela fez carreira como integrante do grupo vocal de samba Cantores de Ébano, que teve relativo sucesso nos anos 1950. Vilela também lançou o álbum-solo Eis o Ôme em 1968. Por essa época, Vilela morreu repentinamente e o Cantores de Ébano se desfez por algum tempo, até que se encontrasse um substituto à altura para o cantor. A voz do cantor é um baixo profundo com uma dicção única no samba. Seu segundo álbum Eis o Ôme é uma sucessão de faixas de sambalanço com forte tempero afro, não apenas na sonoridade, como também na temática, voltada para a umbanda. Um dos grandes sucessos de Vilela foi a canção "Dezesseis Toneladas", uma versão para o português de um clássico norte-americano do pop-country-folk dos anos 1940, "Sixteen Tons", de Ernie Ford e Merle Travis. A banda paulista Funk Como Le Gusta regravou a versão de Vilela, tentando até mesmo reproduzir sua voz grave, no álbum Roda de Funk. Vilela goza atualmente de um revival cult entre os admiradores do sambalanço e seu nome é facilmente encontrável nas redes de compartilhamento de arquivos da internet. Então, vou deixar dois links pros maiores sucessos de Noriel. Quem já conhecia, vai matar saudades, quem não conhece, vai ter a oportunidade. Delicie-se ! 16 Toneladas: http://www.4shared.com/file/79865270/d6af0be9/Noriel_Vilela_-_16_toneladas.html Só o Ome: http://www.4shared.com/file/79865871/ac3fbea9/Noriel_Vilela_-_So_o_Ome.html

2 comentários:

  1. Inigualável,jamais alguem se parecerá com esta voz maravilhosa e clara.Genialidade pura......

    ResponderExcluir
  2. Miram Freitas
    Foi meu visinho, morou no Méier, a rua Dias da Cruz, pessoa de caráter ilibado, cuidadoso, religioso umbandista de muita fé, que amava as crianças inclusive eu, afinava seus acordes de violão, à sombra de nossa mangueira, extremamente calmo, educado, amigos de todos, mas que pouco falava de sua vida particular, tinha um amigo apelidado de índio que era taxista, depois mudamos de residência e não mais o vimos, so ouvíamos, e torcíamos por sua vitória, nos entristeceu quando soubemos de seu falecimento.Fico feliz de poder de alguma forma acrecentar informações
    25/02/2010

    ResponderExcluir